Categorias
Uncategorized

Kalil tem medo de Zema, do Novo e de nossa candidatura

Rodrigo Paiva desafia gestor a discutir retomada de emprego, transporte e saúde

O candidato a prefeito pelo Partido Novo, Rodrigo Paiva, reagiu de forma contundente e fez um desafio a Alexandre Kalil, após a coligação do gestor que tenta a reeleição pedir à Justiça a exclusão do governador Romeu Zema dos programas e inserções da sigla no horário eleitoral. “Kalil tem medo do Zema, tem medo da força do Novo e da nossa candidatura porque ele sabe que nós somos os únicos que temos planejamento de gestão capaz de derrotá-lo. Nós temos resultados de gestão, com transparência e eficácia, diferente da PBH hoje.

O governador Zema está arrumando a casa, com redução de gastos e projetos em benefício dos mineiros. E nós faremos o mesmo em BH. Por isso, Kalil tenta prejudicar a nossa campanha”, afirmou, neste domingo, dia 11, Rodrigo Paiva, durante agenda de campanha.
Paiva desafiou Kalil a discutir com ele projetos e iniciativas para retomada de empregos, principalmente os extintos durante a pandemia, melhoria do sistema de transporte público, saúde e educação em Belo Horizonte.

“Coragem em BH não se escreve com “K” como diz a campanha do senhor prefeito, mas com “M”, de medo”, destacou Paiva. “Vamos discutir item por item as propostas para todas as áreas, senhor Kalil? Estou desafiando o senhor. E quero também desafiá-lo a abrir a caixa-preta das contas da prefeitura. O senhor foi eleito com a promessa de abrir a caixa-preta da BHTRans e não fez. Enganou a população. Nós, do Novo, vamos mostrar para O belo-horizontino onde cada centavo de impostos foi gasto na sua gestão. Se prepare!”, ressaltou.

ATITUDE AUTORITÁRIA

Paiva disse lamentar o que chamou de “atitude autoritária” de Kalil. “Temos apenas 14 segundos no horário eleitoral. E nesse curto tempo falamos de propostas, resultados e modelo de gestão. Mesmo assim , o atual gestor quer nos calar e limitar nossa campanha propositiva, de discussão e de debate sobre o melhor para a cidade?”, questionou.

EMPREGO, TRANSPORTE E SAÚDE

Rodrigo Paiva reforçou neste domingo que vai lutar para retomada de empregos perdidos por causa das restrições impostas pela Prefeitura na pandemia. “Não vou descansar enquanto não recuperar os empregos perdidos na pandemia e abrir novas vagas de trabalho em BH. E, além disso, implementar medidas para gerar novos postos de trabalho. Nosso planejamento de gestão é focado nisso”, disse. “Na saúde, iremos reduzir tempo de atendimento de especialidades. Na educação, recuperar a qualidade do ensino com capacitação e valorização dos servidores e professores. Dessa forma, os alunos terão ensino de qualidade, que foi perdido, como mostrou o último Ideb”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *